Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

No Dia Mundial da Enfermagem, categoria discute condições de trabalho no Brasil

Enfermeiros conseguiram aprovar um novo piso salarial e seguem mobilizados para impedir vetos do presidente

.

No Brasil, são pelo menos 2,2 milhões de trabalhadores, entre auxiliares, técnicos e enfermeiros – AFP

.

Hoje (12), data em que se celebra o Dia Mundial da Enfermagem, o Programa Bem Viver debate a situação trabalhista da categoria. Após dois anos na linha de frente no combate à pandemia, a enfermagem consegui aprovar um novo piso salarial para os trabalhadores, porém a categoria segue mobilizada para conseguir a sanção do presidente Jair Bolsonaro, sem vetos a proposta.

Quem discute a situação é a presidenta da Federação Nacional da Enfermagem (FNE), Shirley Morales. Segunda ela, apesar de o reajuste salarial não ser uma reivindicação nova, a pandemia lançou luz aos problemas trabalhistas enfrentados pela categoria.

“Inicialmente, o grande problema era desfazer a fake news de que o piso da enfermagem ia quebrar o Brasil e os hospitais. Um estudo do Dieese mostrou que o impacto não era o que estava sendo veiculado pelo setor privado, filantropo e mesmo pelos municípios”, disse.

Leia também:  Por que 12 de maio é o Dia Internacional da Enfermagem

.

Por BDF