Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

24 horas de epidemia de poesia

Dia 21 de março é considerado o Dia Mundial da Poesia. A data foi criada na trigésima Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) em 16 de novembro de 1999. O propósito da celebração é promover leitura, escrita, publicação e ensino da poesia.
Aproveitamos a data para lançar este índice da Guatá. Aleatoriamente, vamos anexar aqui poemas e poetas, em texto e vídeo. Bom proveito!

.

ÍNDICE

Ailton Krenak

Não se come dinheiro

 

Alice Ruiz

Assim Que Vi Você

 

Arnaldo Antunes

Nome

 

Augusto dos Anjos

Versos íntimos

 

Auritha Tabajara

Iracema sem chão

 

Carlos Drummond de Andrade

A Máquina do Mundo

O amor bate na aorta

 

Carolina de Jesus

O colono e o fazendeiro

 

Conceição Evaristo

Vozes- Mulheres

Da calma e do silêncio

 

Cora Coralina

Aninha e sua pedras

 

Eliane Potiguara

Brasil


Ferreira Gullar

Não há vagas

 

Gilka Machado

Lépida e leve

 

Haroldo de Campos

E começo aqui

 

Hilda Hilst

Dez chamamentos ao amigo

 

Manoel de Barros

 

Márcia Kambeba

 

Mariana Machado (Mariana do Berimbau)

Os dias parecem tão curtos … e viveram felizes para… 

 

Mário Quintana

O Tempo

 

Mel Duarte

Meninamelanina

 

Paulo Leminski

Contranarciso

 

Patativa do Assaré

Senhor Doutor

 

Roberta Estrela D’alva

Dura Ação

 

Solano Trindade

Gravata Colorida

Navio Negreiro

 

Sergio Vaz

Novos dias

Vida Loka

 

Torquato Neto

Cogito

Poema do aviso final

 

Vinícius de Moraes

Rosa de Hiroshima

.